Ônibus elétricos entram em fase de testes nas ruas de Salvador


Foto: Divulgação


Já entraram em circulação, em fase de testes, os ônibus elétricos que circularão por Salvador nos próximos 30 dias. Os dois veículos estão atendendo aos usuários de duas linhas, a 0805 – Lapa x Pituba e a 1347 – Estação Pirajá x Pituba, que fazem o mesmo itinerário dos ônibus convencionais. As linhas serão as primeiras de um total de sete que irão operar com os ônibus durante este mês de setembro e início de outubro.


Um dos primeiros motoristas a dirigir o ônibus elétrico foi Ramon Marocci. Com 33 anos de profissão, ele afirmou que a novidade é uma coisa boa não só para os rodoviários, mas também para os passageiros. Ele considera o veículo mais seguro, confortável e sem barulho.


“O que vem pra melhorar é bom”, disse.

O rodoviário também contou casos da viagem, lembrando a tranquilidade de um diálogo com um passageiro.


“Ele disse que nem ouviu o barulho do motor, parecia que o ônibus estava planando”, declarou.

Um outro caso foi de um passageiro que cochilou com o silêncio e acordou afoito, dizendo:


“Motô, perdi o ponto!” “Foi realmente uma maravilha, uma viagem muito confortável”, concluiu Marocci.

A auxiliar de serviços gerais Marilândia Costa foi uma das passageiras que aguardava a última viagem do dia do roteiro Lapa x Pituba. A expectativa era grande de experimentar e conhecer o veículo elétrico.


“Os ônibus que costumo pegar são barulhentos, e agora vou ver se é bom mesmo ou não. Só a chegada dele em silêncio, sem barulho, já me surpreendeu”.

A estudante Samara Teixeira, de 15 anos, também esperava para entrar no carro. “Achei boa a novidade, porque sei que não polui, vai ser muito legal para o meio ambiente. Vai pegar em Salvador, com certeza”, afirmou animada.


“A eletromobilidade já é uma realidade em grandes centros urbanos de todo o mundo e nós temos o desejo de trazer essa inovação também para Salvador, tanto para proporcionar ao usuário um transporte com mais qualidade, assim como para buscar reduzir a emissão de gases poluentes, trazendo benefícios para a saúde da população”, destacou o secretário da Semob, Fabrizzio Muller.

Testes – Nesta primeira fase, serão testados dois ônibus deste tipo que irão circular em operação regular, fazendo o mesmo itinerário dos ônibus convencionais. Os ônibus elétricos serão testados também nas linhas 1143 – Acesso Norte x Barroquinha, 1144 – Acesso Norte x Comércio, 1341 – Estação Pirajá x Barra 2, 1388 – Estação Pirajá x Barra 3 e 1007 – Jardim das Margaridas x Lapa. Durante a operação, não haverá nenhuma alteração no valor das passagens e também será possível integrar com outros modais.


Cada veículo deverá rodar em uma linha diferente a cada semana para que sejam testados em diferentes situações, como desempenho diante dos desafios da cidade, como topografia, demanda de usuários, distâncias e dinâmica do trânsito. Caso os resultados dos testes se mostrem positivos, o objetivo da Prefeitura é que estes ônibus possam ser utilizados na operação do BRT, com previsão de início a partir do primeiro trimestre de 2022.


Benefícios – A iniciativa tem como objetivo reduzir a emissão de gases poluentes na atmosfera, uma vez que o setor de transporte é responsável por 65% de todas as emissões em Salvador. De acordo com a BYD, empresa especializada em energia limpa, cada ônibus elétrico rodando em média 6 mil km por mês, deixa de emitir 125 toneladas de gás carbônico (CO2) por ano, o que corresponde ao plantio de 897 árvores no período.


Além disso, os ônibus elétricos também são muito mais silenciosos, e permitem uma maior economia com abastecimento, uma vez que um dos principais fatores que oneram o sistema ainda é o valor do ICMS sobre o óleo diesel. Há ainda outros itens como menor custo de manutenção e maior durabilidade do veículo. Os veículos que serão testados em Salvador levam entre 4h e 5h para atingir a carga completa, o que dá a eles uma autonomia de até 250 km.