Bolsonaro estaria articulando demissão de Tite, diz jornal

O presidente Jair Bolsonaro (sem partido) estaria se movimentando para que a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) demita o técnico Tite. A informação é do jornal AS.

Segundo a publicação, o objetivo do mandatário é colocar no cargo alguém alinhado com a sua ideologia política e seu nome favorito é o de Renato Gaúcho, que deixou o Grêmio recentemente.

Ainda de acordo com o periódico espanhol, o ex-capitão do Exército montou um gabinete de crise para contornar a insatisfação dos jogadores e, de acordo com assessores, a realização da Copa América é “uma questão de honra”. O militar da reserva quer que os atletas joguem o torneio como uma espécie de “guerra política”.