Câmara aprova projeto de lei de Marta que dá o nome de Jorge Portugal a rua de Salvador

A Câmara Municipal de Salvador aprovou, durante sessão na tarde desta quarta-feira (7), o projeto de lei (175/2020), de autoria da vereadora e líder da oposição, Marta Rodrigues (PT), que dá o nome do professor, poeta e escritor baiano, Jorge Portugal, a um logradouro público da capital.

O projeto de lei tem como objetivo marcar seu nome na cidade em um logradouro onde o intelectual tem forte ligação, para além de sua historiografia, trabalhos científicos, produções acadêmicas e seu legado artístico. “Uma personalidade, um ser humano incrível que muito contribuiu com a educação, com o combate ao racismo, com a arte e com a cultura do nosso povo, precisa ser homenageada e lembrada como referência para nossa população. Temos que levar esse legado adiante, inclusive de outras maneiras, com exposições, instalações de suas obras. Precisamos homenagear aqueles contribuíram para a democracia, para a cultura e para a formação cidadã”, afirma.

Para Marta, o pedido se ampara na Lei 3.073 que dispõe que na escolha de novos nomes para os logradouros públicos serão ressaltados pessoas que tenham se distinguido pelo fortalecimento da democracia, da educação, da cultura, da ciência e do conhecimento.

“Jorge Portugal é uma pessoa sempre presente em nossas memórias seja através de suas composições como na sua postura como professor, antirracista e educador. Tive a honra de ter Jorge como meu mestre e ver de perto toda sua magnitude enquanto educador e ser humano. Sua passagem aconteceu de forma prematura no ano passado, mas toda sua trajetória no campo da educação, da cultura e do saber popular ficará registrada na história dessa cidade que ele tanto amava. Salve Jorge!”, acrescentou.