Cientistas preveem terceira onda de Covid-19 no Brasil e 751 mil mortos até o fim de agosto

Cientistas da Universidade de Washington indicaram que sem o avanço na vacinação, o Brasil poderá chegar à trágica marca de 751 mil mortes por Covid-19 até 27 de agosto. O Instituto de Métricas de Saúde e Avaliação da Universidade de Washington, nos EUA, tem se destacado por suas projeções certeiras desde o início da pandemia.

“Vai depender muito da vacinação, que já se mostra efetiva na redução de mortes e internações. Temos que vacinar 1,5 milhão de pessoas ao dia, idealmente 2 milhões. E ter cautela na flexibilização das medidas de isolamento — explica Ethel Maciel, professora da UFES e doutora pela Univesidade Johns Hopkins, nos Estados Unidos.

Conforme a última atualização, o país tem registrado 436.537 óbitos por conta do novo Coronavírus. A quantidade de pessoas que tiveram covid-19 é de 15.657.391 até a última segunda-feira (17).