Comissão dos Direitos da Mulher da ALBA lança campanha de enfrentamento à violência doméstica


Foto: Divulgação

A Assembleia Legislativa da Bahia, através da Comissão dos Direitos da Mulher, lançou nesta quarta-feira (11), em Salvador, a Campanha Sinal Vermelho, movimento nacional de enfrentamento à violência doméstica, idealizado pelo Conselho Nacional de Justiça e pela Associação dos Magistrados Brasileiros.


A iniciativa coloca as farmácias, salões de beleza e outros estabelecimentos como agentes no combate à violência contra a mulher. Participaram do ato de lançamento as deputadas estaduais Olívia Santana (PC do B) e Fabíola Mansur (PSB), além das vereadoras da capital baiana Maria Marighella (PT) e Marta Rodrigues (PT).


“Começamos hoje uma nova batalha no enfrentamento à violência doméstica na Bahia. Iniciamos a mobilização de farmácias, salões de beleza e outros estabelecimentos que ainda não fizeram a adesão à campanha nacional Sinal Vermelho contra a Violência. Estamos todas e todos nessa luta!”, destacou Olívia Santana, que preside a Comissão dos Direitos da Mulher da ALBA.

A empresária Flávia Santana, do Instituto de Beleza Essência dos Cachos, localizado no bairro da Liberdade, reforçou a importância da campanha.


“É uma iniciativa louvável! Meu público é de mulheres pretas e elas têm uma carência enorme desse apoio”, comentou.

Uma das redes de farmácia já conveniada com a campanha é a Pague Menos.


“É um orgulho muito grande estarmos inseridos nesse programa social. As nossas equipes sabem o que fazer para receber essas mulheres de forma sigilosa e segura”, afirmou Milena Silva, gerente regional sênior de Operações e Digital da Pague Menos.

Estabelecimentos de shoppings da capital baiana, como o Ellure Beauté SPA, também já abraçaram a campanha. Juliana Medrado, uma das sócias do empreendimento, frisou a relevância da participação dos salões de beleza na luta contra a violência de gênero. “Estou muito feliz em participar de uma ação tão importa.