Covid-19: vacina de Oxford tem 79% de eficácia para casos sintomáticos

Metropoles

A terceira fase de testes da vacina de Oxford/AstraZeneca indicou que o imunizante contra a Covid-19 tem eficácia de 79% na prevenção de casos sintomáticos da doença, provocada pelo novo coronavírus.O estudo foi realizado com 32.449 voluntários nos Estados Unidos, no Chile e no Peru. No público a partir dos 65 anos, a eficácia foi de 80%, segundo dados divulgados nesta segunda-feira (22/3) pela AstraZeneca.

Dos voluntários, 20% dos participantes tinham 65 anos ou mais e aproximadamente 60% tinham comorbidades que poderiam aumentar o risco de complicações da Covid-19, como diabetes, problemas cardíacos e obesidade severa.

De acordo com a Astrazeneca, não foram identificadas reações severas, como trombose. Os testes não apontaram “risco maior de trombose ou eventos caracterizados por trombose entre os 21.583 participantes que receberam pelo menos uma dose da vacina”.

O laboratório informou que se prepara para pedir autorização emergencial da vacina na Food and Drug Administration, agência reguladora dos Estados Unidos.