Especialista alerta para necessidade de manter cuidados sanitários pós-vacina

A vacina não elimina cuidados especiais contra a disseminação viral. O soteropolitano precisará, mesmo sob a pressão do verão, do chamado atraente do mar e da folia, ter força e foco para manter os cuidados necessários para conter o avanço do novo coronavírus em Salvador. O alerta é da sanitarista Helena Lima, do Centro de Operações Emergenciais da Covid-19 (COE), que lembra que o imunizante precisa cumprir etapas antes da cidade poder se declarar livre da pandemia.

“A vacina promove a imunidade coletiva e depende de resposta imunológica individual e comunitária, que só virá após cumprimento da campanha, para que então haja uma avaliação conclusiva. Neste período, entretanto, não dá para abolir cuidados essenciais, como a manutenção do distanciamento social, evitar aglomerações, uso de máscara em locais públicos e higiene constante das mãos”, explica Helena.

A sanitarista ressaltou também a importância da oferta de testes diagnósticos para controlar a transmissão da infecção que, uma vez identificada, é possível ser controlada a partir do monitoramento dos casos.