Governo do Estado autoriza retomada de cruzeiros na Bahia


Foto: Reprodução

A partir de avaliação técnica da Secretaria da Saúde (Sesab), o Governo do Estado autorizou a retomada de cruzeiros marítimos na Bahia, tendo em vista o cenário atual da pandemia. Segundo o estudo, a partir de 4 de fevereiro houve redução consistente dos casos ativos de Covid-19 no estado, baixando de quase 37 mil naquela data para 5 mil casos, registrados nesta sexta-feira (4), o que indica uma melhoria no cenário epidemiológico. Ao mesmo tempo, a cobertura vacinal aumentou, alcançando mais de 10,3 milhões baianos vacinados com a segunda dose.


A titular da Sesab, Adélia Pinheiro, ressalta que "o brasileiro já aprendeu que medidas não farmacológicas, a exemplo do uso de máscara e higiene frequente das mãos, associadas a um esquema vacinal de pelo menos duas doses, são eficazes no controle da pandemia e redução do número de casos graves da doença".


A Secretaria de Turismo do Estado ( Setur-BA) endossa a decisão da Sesab, considerando a importância dos cruzeiros para a economia.


“O desembarque de navios de cruzeiro nos portos baianos produz grande impacto econômico, com geração de novos postos de trabalho diretos, indiretos e induzidos. São milhares de passageiros circulando pelas ruas das cidades, fazendo compras e passeios e consumindo em bares e restaurantes”, destaca o titular da Setur-BA, Maurício Bacelar.

Os navios já poderão atracar nos portos de Salvador e Ilhéus, a partir de segunda-feira (7), desde que sejam cumpridos os protocolos de segurança sanitária. A inclusão da Bahia nos roteiros depende agora de decisão da Associação dos Navios de Cruzeiros (Clia).


“Temos sempre interesse em manter a Bahia nos roteiros e caberá aos nossos associados avaliar a possibilidade de inclusão do estado nesta temporada”, disse o presidente da Clia, Marco Ferraz.