Justiça eleitoral derruba pesquisa baiana ao governo com apoios de pré-candidatos a presidente


Foto: Reprodução

O desembargador Vicente Oliva Buratto, do Tribunal Regional Eleitoral da Bahia (TRE-BA), acolheu, em partes, pedido do União Brasil, sigla do pré-candidato ACM Neto, contra o Instituo Opnus para a suspensão da divulgação da última pesquisa da corrida do governo da Bahia contratada pela rádio Salvador FM.


A ação foi impetrada pelo advogado eleitoral, Ademir Ismerim Medina.


Na decisão, Buratto determina a imediata suspensão da divulgação da “pesquisa estimulada com apoios – Cenário 2” para intenções de voto ao governo da Bahia que traz o pré-candidato ACM Neto (UB) com apoio do presidenciável Ciro Gomes.

Ainda de acordo com a decisão, o desembargador estabelece que fiquem retiradas as publicidades que veicularam o referido conteúdo nas redes sociais, sob pena de pagamento de multa diária de R$ 5 mil.