“Lula mostrou grandeza e disposição para lutar pela democracia e justiça social no país”

Líder da oposição na Câmara Municipal de Salvador, a vereadora Marta Rodrigues disse, nesta quarta (10), que o discurso do presidente Lula em coletiva à imprensa, após ser inocentado das acusações da Lava Jato, trouxe mais uma vez a verdade à tona e deu “a dimensão da grandeza que ele representa na luta pelo reestabelecimento da democracia e do desenvolvimento social no país”.

“Um homem que passou 580 dias preso injustamente, sofreu uma sanha persecutória de proporções condenáveis mundialmente, golpes atrás de golpes pela retirada de seus direitos, se mostrou nesta quarta-feira, dia de Xangô aqui na Bahia, mais vívido, lúcido e esperançoso diante da justiça que está sendo feita, falou para um Brasil unido, com saúde, com emprego, com educação e com democracia”, declarou.

Segundo a vereadora, Lula mostra que está disposto a combater o grupo obscurantista, instalado na política e no judiciário, que vinha tentando acabar com o ideal de um governo social. “Precisamos agora trabalhar para defender ainda mais a verdade e a democracia, mostrar que o Brasil foi vítima de sucessivos golpes contra o povo, articulados pela extrema direita e a quadrilha de procuradores e juízes que se mostrou a Lava Jato”, declarou.

Para a petista, a defesa da inocência de Lula e a colaboração na disseminação da verdade são compromissos independentes de partidos políticos, e, para isso, é preciso salientar que o juiz Sérgio Moro foi o protagonista de uma perseguição virulenta, mentirosa e com nítida violação dos direitos constitucionais.

“É compromisso de quem respeita a Constituição, a verdade, a justiça, os direitos humanos e a democracia. Lula hoje mostrou que está desse lado”, afirmou. “O brasileiro foi por anos alimentado com a alienação de grandes grupos econômicos e midiáticos, inconformados com um governo social e com distribuição de renda, a fomentar o antipetismo através de uma fábrica de fakenews. Quem está ao lado da democracia tem o dever social de mostrar a farsa que foi sua prisão, goste da figura de Lula ou não”, declarou.