Ministério da Saúde avalia 4ª dose de vacina contra Covid


Foto: Reprodução

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, afirmou na manhã desta segunda-feira (7), que a área técnica do órgão tem discutido a quarta dose das vacinas contra a Covid-19, mas que avalia que ainda não é o momento para a aplicação no Brasil.


“A área técnica tem discutido isso, a secretária Rosana conversou comigo na sexta-feira passada e disse que o grupo técnico ainda não avalia aplicar essa quarta dose nesse momento, mas, na prática, seria a dose de 2022”, disse o ministro.

Queiroga também assumiu que há um aumento no número de casos da Covid-19 e uma maior pressão no sistema de saúde:


“Assistimos a um aumento dos casos nessa última semana. Uma maior pressão sobre o sistema hospitalar, mas o número de óbitos não é proporcionalmente grande em relação ao número de casos. Ou seja, o número de casos muito maior e os óbitos não tem crescido nessa proporção”.

As vacinas, têm se mostrado a saída mais segura no combate a todas as variantes do coronavírus. No início de dezembro, as farmacêuticas Pfizer e BioNTech anunciaram que a aplicação de três doses da vacina delas aumenta em até 25 vezes os anticorpos que neutralizam a ômicron, na comparação com a aplicação de duas doses.


Um outro estudo preliminar indicou que as duas doses evitam casos graves nos contaminados com a variante nova e que, na prevenção de infecções, a eficiência da vacina é menor do que a constatada contra a versão original do coronavírus.