Morre aos 72 anos Maria Eunice Martins Luz, a “dona Nicinha do Samba”


Foto: Reprodução

Morreu, na madrugada desta quinta-feira (17), aos 72 anos, anos Maria Eunice Martins Luz, a “dona Nicinha do Samba”. Uma das mais famosas sambadeiras da Bahia, Dona Nicinha faleceu em sua casa, na cidade de Santo Amaro, no Recôncavo Baiano, em decorrência de problemas cardíacos.


Homenageada por diversos artistas, Dona Nicinha teve a vida contada no documentário “O mundo aos pés de Nicinha”, lançado em março do ano passado. Ela também foi biografada no livro “Menina Nicinha”, escrito pela neta Evelyn Sacramento.


Título de música de Caetano Veloso, Nicinha também está nos versos do samba “Quebradeira”, interpretada por diversas bandas de pagode, como Gera Samba e Harmonia do Samba.

A Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (Secult) divulgou uma nota de pesar pelo falecimento de Dona Nicinha do Samba, aos 72 anos de idade. Na publicação, a Secult manifestou solidariedade a todos os familiares e amigos, e desejou que “a energia e graça de dona Nicinha se façam presentes em forma de conforto neste momento de pesar”.