“O cenário que estamos vivendo agora é mais crítico do que em junho/ julho”, alerta secr

Para o secretário estadual de Saúde, Fábio Vilas-Boas, a Bahia admitiu na manhã desta quinta-feira (3) que a Bahia já enfrenta uma segunda onda da Covid-19. Ainda segundo o secretário, a situação atual é ainda mais que crítica do que nos meses de junho e julho, quando ocorreu o pico da doença no estado.

“O cenário que estamos vivendo agora é mais crítico do que em junho/julho. Pela primeira vez, todas as regiões estão com número alto de incidência, internação, ocupação de leitos. A sobrecarga no sistema é muito maior: laboratório, transporte, regulação. Antes, tivemos um revezamento de surtos; agora é todo o estado”, alertou Villas Boas.


O cenário que estamos vivendo agora é mais crítico do que em junho/julho. Pela primeira vez, todas as regiões estão com número alto de incidência, internação, ocupação de leitos. A sobrecarga no sistema é muito maior: laboratório, transporte, regulação. pic.twitter.com/WvaK9pDimc — Fábio Vilas-Boas (@fabiovboas) December 3, 2020