OMS traça quadro de pandemia sem confinamentos


Foto: REUTERS/Denis Balibouse/Direitos Reservados

A Organização Mundial da Saúde (OMS) acredita que mesmo que surjam novas variantes do SARS-CoV-2, não vai ser preciso voltar aos confinamentos.


O diretor regional da organização para a Europa, Hans Kluge, explica que é preciso melhor distribuição das vacinas para que isso ocorra.


A OMS informa que, na última semana, houve 12 milhões de casos positivos de covid-19 só na Europa - quase um terço de todos os casos de infecção desde o início da pandemia. Apesar do crescente número de casos, o novo coronavírus parece estar sob controle no Continente Europeu.

Hans Kluge reafirma que ainda não é o fim da pandemia, mas para lá se caminha.

O diretor regional da OMS Europa pede também que, nesta fase, os profissionais de saúde retomem os serviços não limitados à covid-19.


Na véspera do Dia Mundial de Luta contra o Câncer, Hans Kluge lembra que muitas doenças ficaram por diagnosticar. Agora é preciso recuperar o tempo perdido, diz.


Agência Brasil