“Prefeitura se associa ao Estado nessa luta e também está disposta a utilizar recursos próprio

Presente à solenidade  que marcou o início da campanha de vacinação contra o novo coronavírus na capital baiana, o prefeito de Salvador Bruno Reis (DEM) anunciou apoiou a ação do governo do Estado junto ao Supremo Tribunal Federal (STF) para que a vacina russa Sputnik possa ser distribuída no Brasil. De acordo com o gestor, a prefeitura se dispõe a adquirir vacina russa com recursos próprios.

“A aquisição de vacinas é hoje um problema mundial. Por isso, a Prefeitura se associa ao Estado nessa luta e também está disposta a utilizar recursos próprios para a aquisição da Sputnik. Somente com a imunização das pessoas vamos conseguir retomar a normalidade. Graças à pandemia, Salvador, que estaria vivendo agora o seu melhor verão, teve que se reinventar”, declarou Bruno Reis.

Sputnik. Somente com a imunização das pessoas vamos conseguir retomar a normalidade. Graças à pandemia, Salvador, que estaria vivendo agora o seu melhor verão, teve que se reinventar”, declarou Bruno Reis.

Segundo o governo do Estado, o Brasil pode receber 10 milhões de doses da Sputnik, vacina que, embora já esteja sendo aplicada em países como a Argentina, não foi liberada pela Anvisa. Por isso, o Estado ingressou com uma ação no STF, que tem como relator o ministro Ricardo Lewandowski.