BANNER WEB - 970x250px - EDUCAÇÃO QUE TRANSFORMA.png

Salvador: feriado prolongado tem sete estabelecimentos interditados e 65 afogamentos

O feriado prolongado do Reveillón foi marcado por diversos registros de descumprimento aos protocolos de funcionamento contra o coronavírus. De acordo com a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano (Sedur), sete estabelecimentos comerciais foram interditados e três bares fechados durante as fiscalizações nos bairros de Armação, Piatã e Rio Vermelho. Além disso duas casas de eventos/shows em Marechal Rondon e Paripe, um clube social em Itapuã e uma loja de conveniência na Boca do Rio também foram autuados.

Ainda segundo informações da Sedur, a fiscalização dispersou seis aglomerações em ruas do Rio Vermelho, Pituba, São Cristóvão, Ceasa, Itapuã e São Tomé de Paripe. Neste último bairro, quatro equipamentos sonoros do tipo “paredão” foram apreendidos.Nos bairros do Comércio, Barra, Itapuã e Rio Vermelho, a Semop aprendeu 22 materiais irregulares sendo usado por ambulantes, a exemplos de caixas de isopor, carrinho de mercado, facão, engradado vazio, entre outros itens. Os fiscais também percorreram outros pontos da cidade em ações paralelas, alcançando a região do Shopping da Bahia, Periperi, Campo Grande e Centro.

Afogamentos – A Coordenadoria de Salvamento Marítimo de Salvador (Salvamar) contou com 28 salva-vidas durante a Operação Réveillon. O órgão registrou 65 afogamentos nas praias da cidade durante o final de semana, no trecho litorâneo entre o Jardim de Alah até Ipitanga.