Videoaulas ensinam população sobre como preservar cultura nas comunidades

O projeto “Como fazer um Inventário Participativo em minha comunidade” promove uma breve formação da população de Salvador através de videoaulas gratuitas, no canal do YouTube que pode ser acessado no link https:// www. youtube. com / channel/ UC9mlNKe6gJOukAfkNh8cWLQ. A intenção é contribuir para a formação em educação patrimonial de estudantes e detentores de bens culturais, bem como estratégia de preservação e salvaguarda dessas manifestações presentes em diferentes comunidades da capital baiana.

O projeto foi um dos contemplados pelo Prêmio Jaime Sodré de Patrimônio Cultural da Fundação Gregório de Mattos, através da Prefeitura, por meio da Lei de Emergência Cultural Aldir Blanc. Na página estão disponíveis três vídeos, sendo que um deles, com o tema “O que é Patrimônio Cultural Imaterial?”, procura definir e diferenciar os patrimônios culturais Material e Imaterial através de inúmeros exemplos, incluindo os bens imateriais registrados e os bens materiais tombados na Bahia.

No segundo vídeo, o conteúdo aborda “Qual a importância de um Inventário Participativo?”, definindo o que seria um inventário participativo enquanto estratégia de preservação e salvaguarda dos bens. Já no terceiro e último vídeo, a temática é “Inventariando minha comunidade”, voltado para a parte prática da realização de um inventário com base na obra “Educação Patrimonial inventários participativos: manual de aplicação” (Iphan, 2016), que inclui uma série de dicas metodológicas para a realização de entrevistas, captação de imagens, pesquisa documental e, sobretudo, mostra o passo a passo para preencher as fichas do inventário.

“Creio que o projeto poderá ajudar as pessoas a conhecerem melhor sobre o tema Patrimônio, incluindo a diferenciação entre Patrimônio Cultural Material e Imaterial. Ainda, poderá estimular as comunidades a identificar e inventariar seus próprios bens culturais, além de valorizarem e preservarem esses bens”, afirma a historiadora e professora Fernanda Gallo.